JBS

Ações e CDAs
Tag Along 100,00 %
Direito a dividendos De acordo com nosso estatuto social, no mínimo 25% do saldo de lucro líquido do exercício social anterior, calculado conforme a Lei das Sociedades por Ações, deve ser distribuído a título de dividendo obrigatório anual.
Direito a voto Pleno
Direito a reembolso de capital sim
Descrição das características do reembolso de capital No caso de exercício do direito de retirada, os nossos acionistas terão o direito de receber o valor patrimonial de suas ações, com base no nosso último balanço aprovado pela assembleia geral. Se, todavia, a deliberação que ensejou o direito de retirada tiver ocorrido mais de 60 dias depois da data do último balanço aprovado, o acionista poderá solicitar, juntamente com o reembolso, o levantamento de balanço especial em data que atenda tal prazo, para avaliação do valor patrimonial de suas ações. Neste caso, devemos pagar imediatamente 80% do valor de reembolso calculado com base no último balanço aprovado por nossos acionistas, e o saldo no prazo de 120 dias a contar da data da deliberação da assembleia geral.
Conversibilidade não
Restrição à circulação não
Condições para alteração dos direitos assegurados De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, nem o estatuto social, tampouco as deliberações adotadas pelos acionistas em assembleias gerais de sociedade por ações podem privar os acionistas dos seguintes direitos: (i) direito a participar da distribuição dos lucros; (ii) direito a participar, na proporção da sua participação no capital social, da distribuição de quaisquer ativos remanescentes na hipótese de nossa liquidação; (iii) direito de preferência na subscrição de ações, debêntures conversíveis em ações ou bônus de subscrição, exceto em determinadas circunstâncias previstas na Lei das Sociedades por Ações; (iv) direito de fiscalizar, na forma prevista na Lei das Sociedades por Ações, a gestão dos negócios sociais; (v) direito de votar nas assembleias gerais; e (vi) direito a retirar-se da companhia, nos casos previstos na Lei das Sociedades por Ações.
Outras características relevantes Não há outras características relevantes.
Última Atualização: 31/05/2017 20:31:55
Outros Títulos
Data de Emissão 18/01/2011
Data de Vencimento 18/01/2015
Quantidade 598.200
Valor Total (R$) 598.200.000,00
Principais Características Vencimento antecipado: As condições de vencimento antecipado encontram-se descritas na cláusula 7.22 da Escritura de Emissão de Debêntures. Juros: Primeira Série: 127,6% do CDI ao ano sobre o valor nominal unitário das debêntures. Segunda Série: IPCA + 9,50 ao ano. Garantia: Fianças da União Frederiquense Participações Ltda. e da Seara Alimentos Ltda. obrigando-se solidariamente como fiadoras e principais pagadoras de todas as obrigações oriundas das Debêntures e da Emissão. As obrigações principais e acessórias da Emissora serão garantidas por cessão fiduciária de recebíveis em garantia em favor dos Debenturistas. Os recebíveis serão originados pela Emissora no mercado local em valor equivalente a no mínimo 20% do saldo das Debêntures efetivamente subscritas e integralizadas.
Conversibilidade não
Restrição à circulação sim
Descrição da restrição à circulação
Possibilidade de resgaste sim
Hipótese de resgate e cálculo do valor de resgate Hipóteses de resgate: O resgate antecipado parcial deverá ser realizado nos termos do artigo 55, parágrafo 1º, da Lei das Sociedades por Ações e, para as debêntures custodiadas eletronicamente no SND, através de operação de compra e venda definitiva no mercado secundário. Fórmula de cálculo do valor de resgate: O resgate antecipado parcial ou total será realizado mediante o pagamento do valor nominal unitário acrescido da remuneração da respectiva série, calculadas pro rata temporis desde a data de emissão ou a data de pagamento da remuneração da respectiva série imediatamente anterior, conforme o caso, até a data do efetivo resgate antecipado, acrescido de prêmio correspondente a (a) 1,75%, caso o resgate ocorra durante os primeiros 24 meses da data de emissão, ou seja, entre 18 de janeiro de 2011 (inclusive) até 18 de janeiro de 2013 (exclusive); (b) 1,00%, caso o resgate ocorra entre após os primeiros 24 meses da data de emissão, ou seja, entre 18 de janeiro de 2013 (inclusive) até 18 de janeiro de 2015 (exclusive). As debêntures resgatadas serão obrigatoriamente canceladas pela Companhia.
Condições para alteração dos direitos assegurados Os titulares de debêntures da mesma emissão ou série podem, a qualquer tempo, reunir-se em assembleia a fim de deliberar sobre matéria de interesse da comunhão dos debenturistas. Exceto pelo disposto abaixo, todas as deliberações a serem tomadas em assembleia geral de Debenturistas das Debêntures da Primeira Série e em assembleia geral de Debenturistas das Debêntures da Segunda Série dependerão de aprovação de Debenturistas representando, no mínimo, 2/3 das Debêntures da Primeira Série em circulação ou, no mínimo, 2/3 das Debêntures da Segunda Série em circulação, conforme o caso. Não estão incluídos no referido quórum as alterações (a) dos quóruns previstos na escritura de emissão; (b) da remuneração; (c) de quaisquer datas de pagamento de quaisquer valores previstos na escritura de emissão devidos aos debenturistas; (d) do prazo de vigência das debêntures; (e) da espécie das debêntures; (f) das disposições relativas à Cláusula 7.15 da Escritura de Emissão ou (g) de qualquer evento de inadimplemento; as quais deverão ser aprovadas por debenturistas da Primeira Série representando, no mínimo, 90% das debêntures da Primeira Série em circulação, ou por debenturistas da Segunda Série, representando, no mínimo, 90% das debêntures da Segunda Série em circulação, conforme o caso.
Outras características relevantes Mais informações estão disponíveis no Instrumento Particular de Escritura da 3ª Emissão de Debêntures Simples, Não Conversíveis em Ações, da Espécie Quirografária, com Garantia Adicionais Reais e Fidejussória da JBS S.A. disponível no website da CVM (www.cvm.gov.br) e no website de relações com investidores da JBS www.jbs.com.br/ri
Última Atualização: 31/05/2017 20:31:55
Políticas de Negociação
Principais características A presente Política de Negociação tem por objetivos coibir e punir a utilização de Informações Privilegiadas em benefício próprio das Pessoas Vinculadas em negociação com Valores Mobiliários de emissão da JBS e enunciar as diretrizes que regerão, de modo ordenado e dentro dos limites estabelecidos por lei, a negociação de tais Valores Mobiliários, nos termos da Instrução CVM nº 358/02 e das políticas internas da própria JBS.Tais regras também procuram coibir a prática de insider trading (uso indevido em benefício próprio ou de terceiros de Informações Privilegiadas) e tipping (dicas de Informações Privilegiadas para que terceiros delas se beneficiem), preservando a transparência nas negociações de Valores Mobiliários de emissão da JBS.As regras desta Política de Negociação definem períodos nos quais as Pessoas Vinculadas deverão abster-se de negociar com Valores Mobiliários de emissão da JBS, de modo a evitar o questionamento com relação ao uso indevido de Informações Relevantes não divulgadas ao público.Além das Pessoas Vinculadas, as normas desta Política de Negociação aplicam-se também aos casos em que as negociações por parte das Pessoas Vinculadas se dêem para o benefício próprio delas, direta e/ou indiretamente, mediante a utilização, por exemplo, de:(a) sociedade por elas controlada, direta ou indiretamente; (b) terceiros com que for mantido contrato de gestão, fidúcia, administração de carteira de investimentos em ativos financeiros; (c) procuradores ou agentes; e/ou (d) cônjuges dos quais não estejam separados judicialmente, companheiros(as) e quaisquer dependentes incluídos em sua declaração anual de imposto sobre a renda.As restrições contidas nesta Política de Negociação não se aplicam às negociações realizadas por fundos de investimento de que sejam cotistas as Pessoas Vinculadas desde que: (a) os fundos de investimento não sejam exclusivos; e (b) as decisões de negociação do administrador do fundo de investimento não possam ser influenciadas pelos cotistas.
Período de vedação e descrição dos procedimentos de fiscalização As Pessoas Vinculadas deverão abster-se de realizar quaisquer negociações com Valores Mobiliários, independente de determinação do Diretor de Relações com Investidores nesse sentido: (a) no período de 15 (quinze) dias que anteceder a divulgação (i) das informações trimestrais (ITR) e demonstrações financeiras anuais (DFP) exigidas pela CVM, observadas as regras descritas no item 3.4.3 abaixo; e/ou (ii) de dados financeiros preliminares da JBS; (b) entre a data da deliberação do órgão competente de aumentar o capital social, distribuir dividendos e pagar juros sobre o capital próprio, e a publicação dos respectivos editais ou anúncios; ea partir do momento em que tais Pessoas Vinculadas tiverem acesso à informação relativa à intenção da JBS ou dos Acionistas Controladores de: (i) modificar o capital social da JBS mediante subscrição de ações; ou (ii) distribuir dividendos ou juros sobre capital próprio, bonificações em ações ou seus derivativos ou desdobramento; e a publicação dos respectivos editais e/ou anúncios ou informativos; ou (iii) realizar uma incorporação, cisão total ou parcial, fusão, transformação ou reorganização societária da JBS; ou (iv) aprovar um programa de aquisição ou alienação de ações de emissão da JBS pela própria JBS.Com o objetivo de assegurar o efetivo cumprimento da vedação prevista no item 3.4.2, o Diretor de Relações com Investidores deverá estabelecer e divulgar, às Pessoas Vinculadas e Corretoras Credenciadas, Períodos de Bloqueio para negociações de aquisição ou alienação de ações, conforme o caso, durante os dias em que a JBS pretender negociar ou mantiver em aberto ordens de negociação com ações de sua própria emissão.
Cargo e/ou função das pessoas vinculadas A JBS, seus Acionistas Controladores, diretos e indiretos, Administradores, membros do Conselho Fiscal e de quaisquer outros Órgãos com Funções Técnicas ou Consultivas da JBS, empregados e diretores da JBS que, em virtude de seu cargo ou posição na JBS, tenham acesso a qualquer Informação Privilegiada, bem como suas Sociedades Controladas e/ou sob controle comum, seus respectivos Acionistas Controladores, cônjuges, companheiros, dependentes incluídos na declaração anual do imposto de renda, que tenham aderido expressamente à Política de Divulgação e à Política de Negociação e estejam obrigados à observância das regras nelas descritas. Serão ainda consideradas Pessoas Vinculadas quaisquer outras pessoas que, a critério da JBS, tenham conhecimento de Fatos Relevantes em virtude do cargo, posição ou função na JBS, em Sociedades Controladas ou Sociedades Coligadas.
Última Atualização: 31/05/2017 20:31:55
Negociação de Valores Mobiliários
Direitos e Disposições de Valores Mobiliários
Política de Negociação das Ações da Companhia
Políticas de Divulgação de Ato ou Fato Relevante